A história de Abelardo e Heloísa

O romance entre Heloísa e o filósofo Pedro Abelardo iniciou-se em Paris, no período entre o final da Idade Média e o início da Renascença. 
Abelardo havia sido recentemente pela Escola Catedral de Notre Dame, tornando-se, em pouco tempo, muito conhecido por admirar os filósofos não-cristãos, numa época de forte poder da Igreja Católica. 
Heloísa, que já ouvira falar sobre Abelardo e se interessava por suas teorias polêmicas, tentou aproximar-se dele através de seus professores, mas suas tentativas foram em vão. 
Numa tarde Heloísa saiu para passear com sua criada Sibyle, e aproximou-se de um grupo de estudantes reunidos em torno de alguém. Seu chapéu foi levado pelo vento, indo parar justamente nos pés do jovem que era o centro da atenções, o mestre Abelardo. Ao escutar seu nome, o coração de Heloísa disparou. Ele apanhou o chapéu, e quando Heloísa aproximou-se para pegá-lo, ele logo a reconheceu como Heloísa de Notre Dame, convidando-a para juntar-se ao grupo. Risos jocosos foram ouvidos, mas cessaram imediatamente quando o olhar dos dois posaram um sobre o outro. Heloísa recolocou seu chapéu, fez uma reverência a Abelardo e se retirou. 
Desde esse encontro, porém, Heloísa não consegui mais esquecer Abelardo. Fingiu estar doente, dispensou seus antigos professores e passou a interessar-se pelas obras de Platão e Ovídio, pelo Cântico dos Cânticos, pela alquimia e pelo estudo dos filtros, essências e ervas. Ela sabia que Abelardo seria atraído por suas atividades e viria até elas. Quando ficou sabendo dos estudos de Heloísa, conforme previsto por ela Abelardo imediatamente a procurou. 
Abelardo tornou-se amigo de Fulbert de Notre Dame, tio e tutor de Heloísa que logo o aceitou como o mais novo professor de sua sobrinha, hospedando-o em sua casa, em troca das aulas noturnas que ele lhe daria. Em pouco tempo essas aulas passaram a ser ansiosamente aguardadas e, sem demora, contando com a confiança de Fulbert, passaram a ficar a sós. Fulbert ia dormir, e a criada retirava-se discretamente para o quarto ao lado. 
Em alguns meses, conheciam-se muito bem, e só tinham paz quando estavam juntos. Um dia Abelardo tirou o cinto que prendi a túnica de Heloísa e os dois se amaram apaixonadamente. A partir desse momento Abelardo passou a se desinteressar-se de tudo, só pensando em Heloísa, descuidando-se de suas obrigações como professor. 
Os problemas começaram a surgir. Primeiro, esse amor começou a esbarrar nos conceitos da época, quando os intelectuais, como Heloísa e Abelardo, racionalizavam o amor, acreditando que os impulsos sensuais deveriam ser reprimidos pelo intelecto. Não havia lugar para o desejo, que era um componente muito forte no relacionamento dos dois, originando um intenso conflitos para ambos. Ao mesmo tempo Sibyle, a criada, adoecera, e uma outra serva que a substituíra encontrou uma carta de Abelardo dirigida a Heloísa, e a entregou a Fulbert, que imediatamente o expulsou. No entanto isso não foi suficiente para separá-lo. 
Heloísa preparou poções para seu tio dormir e, com a ajuda da criada Sibyle, Abelardo foi conduzido ao porão, local que passou a ser o ponto de encontro dos dois. 
Uma noite, porém, alertado por outra criada, Fulbert acabou por descobri-los. Heloísa foi espancada, e a casa passou a ser cuidadosamente vigiada. Mesmo assim o amor de Abelardo e Heloísa não diminuiu, e eles passaram a se encontrar onde pudessem, em sacristias, confessionários e catedrais, os únicos lugares que Heloísa podia freqüentar sem acompanhantes a seu lado. 
Heloísa acabou engravidando, e para evitar aquele escândalo, Abelardo levou-a à aldeia de Pallet, situada no interior da França. Ali, Abelardo deixou Heloísa aos cuidados de sua irmã e voltou a Paris, mas não agüentou a solidão que sentia, longe de sua amada, e resolveu falar com Fulbert, para pedir seu perdão e a mão de Heloísa em casamento. 
Surpreendentemente, Fulbert o perdoou e concordou com o casamento. 
Ao receber as boas novas, Heloísa, deixando a criança com a irmã de Abelardo, voltou a Paris, sentindo, no entanto, um prenúncio de tragédia. Casaram-se no meio da noite, às pressas, numa pequena ala da Catedral de Notre Dame, sem nem trocar alianças ou um beijo diante do sacerdote. 
O sigilo do casamento não durou muito, e logo começaram a zombar de Heloísa e da educação que Fulbert dera a ela. Ofendido, Fulbert resolveu dar um fim àquilo tudo. Contratou dois carrascos e pagou-os para invadirem o quarto de Abelardo durante a noite e arrancar-lhe o membro viril. 
Após essa tragédia, Alberto e Heloísa jamais voltaram a se falar. 
Ela ingressou no convento de Santa Maria de Argenteul, em profundo estado de depressão, só retornando à vida aos poucos, conforme as notícias de melhora de seu amado iam surgindo. Para tentar amenizar a dor que sentiam pela falta um do outro, ambos passaram a dedicar-se exclusivamente ao trabalho. 
Abelardo construiu uma escola-mosteiro ao lado da escola-convento de Heloísa. Viam-se diariamente, mas não se falavam nunca. Apenas trocavam cartas apaixonadas. 
Abelardo morreu em 142, com 63 anos, Heloísa ergueu um grande sepulcro em sua homenagem, e faleceu algum tempo depois, sendo, por iniciativa de suas alunas, sepultada ao lado de Abelardo. 
Conta-se que, ao abrirem a sepultura de Abelardo, para ali depositarem Heloísa, encontraram seu corpo ainda intacto e de braços abertos, como se estivesse aguardando a chegada de Heloísa. 

O Gato

Um gato, animal, que resume toda a “teoria do cuidado”... Bicho este que cuida, defende e preserva o recanto do homem... Seríamos nós homens-gatos??? Com o mesmo instinto e o faro do cuidado... O gato percebe o ambiente como ninguém.... Percepção aguçada, faro felino, amigo da casa... Nas ações do cuidar o homem passa pelo detalhe, pelo canto do recanto aonde vive... Mas o gato... Senhor do cuidado, não mata o rato porque tem fome... Mata para limpar... O homem mata para desocupar... O gato “mia” para pedir cuidado... O homem grita quando quer atenção... Mas quando não quer mais seu recanto deixa... Não leva nem o gato, nem lembrança do canto, do santo, do momento... O gato não deixa o lar, não perde a essência... Cuida... Sente... Vive o ambiente como um santo que observa o homem... Aonde estão os homens-gatos??? Em seus cantos ou escondidos em um recanto desconhecido...

=== Marco Antonio Pucci ===

Sacia teu coração

Sacia teu coração em doses redobradas, porque muitas doenças são assim curadas, e atira-te à vida como sobre uma presa, porque sua duração é efêmera.
Mesmo que tua vida durasse mil anos cheios, não seria exato dizer que ela é longa.
Deixar-te-ás levar pela tristeza, quando a cítara e o vinho estão à tua espera?
Que a preocupação não se apodere de ti, quando a taça é uma espada reluzente em tua mão.
Se te conduzires sabiamente, os cuidados te assaltarão até o mais profundo de ti mesmo; ser sábio para mim, é não o ser.

=== Mutamid ===

O primeiro beijo

Ela estava de pé, bem perto de mim. Olhei-a até a alma. 
E minhas mãos agarraram seus dois pulsos.
Cerrando os olhos, ofereceu-me sua face.
Contenta-se, acaso, o viajante sedento com frutos, quando uma fonte está próxima?
No fim, nossos lábios de uniram.
E todo seu corpo, contra o meu, nada mais era do que uma boca.

=== Autor Desconhecido ===

Leave me Alone

Searching for nothing,
I cannot find.
I seek nothingness,
to not exist,
but to nonetheless be.
Not to die, but to live without body.
So hard to see in the light.

Leave me alone.

I've been searching to find my way home.
Searching for nothing, falling through my mind.
Staring into the sun, I can't see in the light.
Look in the darkness, for the darkness holds vision.
Where is nowhere? To be found in the center?
It does not exist, but nonetheless is.
I've been searching for nothing for as long as I remember.
Only in blackness can we see.

Leave me alone.

I'm searching for no one. My goddess, my mother.
Trying to find my way home.
Searching for nothing, falling from something unidentifiable.
I don't know where I am, without map of here.
I strive to be nothing, sitting nowhere, without time.

Leave me alone.

=== Tyrvald === http://www.metrovirus.com/home.html

Eu

Entre mim e a vida há um vidro tênue.
Por mais nitidamente que eu veja e compreenda a vida, 
eu não lhe posso tocar.
Tudo se me evapora, a minha vida inteira, 
as minhas recordações, a minha imaginação e o que contem, 
a minha personalidade, tudo se me evapora.
Continuamente sinto que fui outro, que senti outro, 
que pensei outro.
Aquilo que assisto é um espectaculo com outro cenário, 
e aquilo a que assisto sou eu.
Talvez porque eu pense demais ou sonhe demais, 
o certo é que não distingo entre a realidade que existe e o sonho, 
que é a realidade que não existe.

=== Bernardo Soares ===

Sete Leis Para Ver A Mágica Da Vida

1. Meu espírito é um campo de possibilidades infinitas que conecta tudo o mais. Esta frase resume a totalidade do que estou expondo. Se você esquecer tudo o mais, lembre-se apenas disso 

2. Meu dialogo interno reflete meu poder interno. O dialogo interno das pessoas auto- realizadas pode ser descrito assim: é imune a críticas; não tem apego aos resultados; não tem interesse em obter poder sobre os outros; não tem medo. Isso porque o ponto de referência é interno, não externo. 

3. Minhas intenções tem poder infinito de organização. Se minha intenção vem do nível do silêncio, do espírito, ela traz em si os mecanismos para se concretizar. 
4. Relacionamentos são a coisa mais importante na minha vida. E alimentar os relacionamentos é tudo o que importa. As relações são cármicas e quem nós amamos ou odiamos é o espelho de nós mesmos: queremos mais daquelas qualidades que vemos em quem amamos e menos daquelas que identificamos em quem odiamos. 

5. Eu sei como atravessar turbulências emocionais. Para chegar ao espírito é preciso ter sobriedade. Não dá para nutrir sentimentos como hostilidade, ciúme, medo, culpa, depressão. Essas são emoções tóxicas. Importante: onde há prazer, há a semente da dor, e vice-versa. O segredo é o movimento: não ficar preso na dor, nem no prazer (que então vira vício). Não se deve reprimir ou evitar a dor, mas tomar responsabilidade sobre ela. 

6. Eu abraço o feminino e o masculino em mim. Esta é a dança cósmica, acontecendo no meu próprio eu. A energia masculina: poder, conquista, decisão. A energia feminina: beleza, intuição, cuidado, afeto, sabedoria. Num nível mais profundo, a energia masculina cria, destrói, renova. A energia feminina é puro silêncio, pura intenção, pura sabedoria. 

7. Estou alerta para a conspirações das improbabilidades. Tudo o que me acontece de diferente na vida é carmico. É, portanto, um sinal de que posso aprender alguma coisa com aquela experiência. Em toda adversidade há a semente da oportunidade. 

=== Deepak Chopra ===

Deixa-me ao menos a esperança

Aceito que tu te afastes de mim, se este for o teu desejo.
Põe à prova com o teu desdém minha resignação e minha paciência, mas deixa-me ao menos a esperança.
Sou o teu resgaste! Ah! melhor seria dizer que o teu resgate é um doente moribundo. Para o amante, a humilhação será um opróbrio?

Existe em mim um desejo tão intenso de ti, que se a pedra suportasse força igual, seria fendida como por um fogo violento.
Teu amor penetrou em mim tão intimamente como, na alma, a palavra interior.
Não posso respirar sem que tu estejas em meu alento e circules em meus sentimentos.
Arrastaste meu coração para longe do mundo e de suas atrações. És no meu coração algo de inseparável.
Meus olhos não podem fechar-se, sem que tu estejas entre as pálpebras e a pupila.

=== Sumum, o apaixonado === 

A tarefa e o dom de cada signo

"... Deus compareceu ante suas doze crianças e 
em cada uma delas plantou a semente da vida humana."

Uma por uma, cada criança deu um passo à frente para receber o dom e a função que lhe cabia.

"Para ti, Áries, dou a primeira semente, para que tenhas a honra de plantá-la. Para cada semente que plantares, mais outro milhão de sementes se multiplicarão em suas mãos. Não terás tempo de ver a semente crescer, pois tudo o que plantares criará cada vez mais e mais para ser plantado. Tu serás o primeiro a penetrar o solo da mente humana levando Minha Idéia. Mas não cabe a ti alimentar e cuidar dessa idéia, nem questioná-la. Tua vida é ação, e a única ação que te atribuo é dar o passo inicial para tornar os homens conscientes da Criação. Por este trabalho, Eu te concedo a virtude do Respeito por Si Mesmo."

"Silenciosamente, Áries retornou a seu lugar."

"Touro, a ti Eu dou o poder de transformar a semente em substância. Grande é a tua tarefa, e requer paciência, pois tens que terminar tudo o que foi começado, para que as sementes não sejam dispersadas pelo vento. Não deves, assim, questionar; também não deves mudar de idéia no meio do caminho dos outros para execução do que te peço. Pra isso, Eu te concedo o dom da Força. Trata de usá-la sabiamente!"

"E touro voltou a seu lugar."

"A ti, Gêmeos, Eu dou as perguntas sem respostas, para que possas levar a todos um entendimento daquilo que o homem vê ao seu redor. Tu nunca saberás por que os homens falam ou escutam, mas em tua busca pela resposta encontrarás o Meu dom, reservado a ti: o Conhecimento."

"E Gêmeos voltou a sue lugar."

"A ti, Câncer, atribuo a tarefa de ensinar aos homens a emoção. Minha Idéia é que provoques neles risos e lágrimas, de modo que tudo o que eles vejam e sintam desenvolva uma plenitude desde dentro. Pra isso, Eu te dou o dom da Família, para que tua plenitude possa se multiplicar."

"E Câncer voltou a seu lugar."

"A ti, Leão, atribuo a tarefa de exibir ao mundo Minha Criação em todo o seu esplendor. Mas deves ter cuidado com o orgulho, e sempre lembrar que é Minha Criação, e não tua. Se o esqueceres, serás desprezado pelos homens. Há muita alegria em teu trabalho; basta fazê-lo bem. Para isso Eu te concedo o dom da Honra."

"E Leão voltou a seu lugar."

"A ti, Virgem, peço que empreendas um exame de tudo o que os homens fizeram com Minha Criação. Terás que observar com perspicácia os caminhos que percorrerem, e lembrá-los de seus erros, de modo que através de ti Minha Criação possa ser aperfeiçoada. Para que assim o faças Eu te concedo o dom da Pureza."

"E Virgem retornou a seu lugar."

"A ti, Libra, dou a missão de servir, para que o homem esteja ciente dos seus deveres para com os outros; para que ele possa aprender a cooperação, assim como a habilidade de refletir o outro lado de suas ações. Hei de te levar a onde quer que haja discórdia, e por teus esforços te cederei o do Amor."

"E Libra voltou a seu lugar"

"A ti, Escorpião, darei uma tarefa muito difícil. Terás a habilidade de conhecer a mente dos homens, mas não te darei a permissão de falares sobre o que aprenderes. Muitas vezes te sentirás ferido por aquilo que vês, e em tua dor te voltarás contra Mim, esquecendo que não sou Eu, mas a perversão de Minha Idéia, o que te faz sofrer. Verás tanto e tanto do homem enquanto animal, e lutarás tanto com os instintos em ti mesmo, que perderás o teu caminho; mas quando finalmente voltares, terei para ti o dom supremo da Finalidade."

"E Escorpião retornou a seu lugar."

"A ti, Sagitário, Eu peço que faças os homens rirem, pois entre as distorções da Minha Idéia eles se tornam amargos. Através do riso darás ao homem a esperança, e por ela voltarás seus olhos novamente para Mim. Chegarás a ter muitas vidas, ainda que só por um momento; e em cada vida que atingires conhecerás a inquietação. A ti, Sagitário, darei o dom da Infinita Abundância, para que te possas expandir o bastante até atingir cada recanto onde haja escuridão, e levar aí a sua luz."

"E Sagitário voltou a seu lugar."

"De ti, Capricórnio, quero o suor da tua fronte, para que possas ensinar aos homens o trabalho. Não é fácil tua tarefa, pois sentirás todo o labor dos homens sobre teus ombros; do o dom da Responsabilidade."

"E Capricórnio voltou a seu lugar."

"A ti, Aquário, dou o conceito de futuro, para que através de ti o homem possa ver outras possibilidades. Terás a dor da solidão, pois não te permito personalizar o meu amor. Para que possas voltar os olhares humanos em direção a novas possibilidades, Eu te concedo o dom da Liberdade, de modo que, livre, possas continuar a servir a humanidade onde quer que ela esteja."

"E Aquário voltou a seu lugar."

"A ti, Peixes, dou a mais difícil de todas as tarefas. Peço-te que reúnas todas as tristezas dos homens e as traga de volta para Mim. Tuas lágrimas serão, no fundo, Minhas Lágrimas. A tristeza e o padecimento que terás de absorver são o efeito das distorções impostas pelo homem à Minha Idéia, mas cabe a ti levar até ele a compaixão, para que possa tentar de novo. Por esta tarefa Eu te concedo o dom mais alto de todos: tu serás o único de Meus doze filhos que Me compreenderá. Mas este dom do entendimento é só para ti, Peixes, pois quando tentares difundi-lo entre os homens eles não te escutarão."

"E peixes voltou a seu lugar."

"... Então Deus completou" cada um de vós é perfeito, mas não compreendeis isto até que vós sejas Um. Agora vão!

"E as doze crianças foram embora executar sua tarefa da melhor maneira..."

(Esta alegoria é de autoria do astrólogo inglês Martin Schulman, publicada no seu livro Karmic Astrology: The Moon’s Nodes and Reincarnation.)

Cântico IV

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.

=== Cecília Meireles ===

Coisas Que Todo Homem Deveria Saber Sobre As Mulheres E Vice-Versa

Todo homem deveria saber que as mulheres...

...têm dificuldades para compreender a necessidade masculina de silêncio e solidão.

...não precisam de conselhos quando estão deprimidas, mas sim de carinho e apoio.

...muitas vezes discutem para defender seu direito a se aborrecer. O que elas querem é compreensão.

...tornam-se mais conscientes de suas necessidades emocionais quando as necessidades financeiras estão satisfeitas.

...buscam no amor: carinho, compreensão, respeito, devoção e validação.

...precisam que o amor que lhes é devotado seja reafirmado com freqüência.

...sentem-se desrespeitadas quando seus parceiros se deprimem com suas queixas ou histórias tristes.

...sentem-se inseguras e abandonadas quando seus parceiros ouvem suas histórias sem dar uma opinião.

...crêem que não precisam pedir nada, porque um homem apaixonado "descobre" as necessidades da parceira.

...falam muito, na tentativa de estabelecer e fortalecer vínculos.

...tendem a se ressentirem e a se sentirem exaustas quando não são acalentadas.

...podem se envolver com problemas alheios para se esquecer dos próprios. Para as mulheres, compartilhar problemas é sinônimo de afeição.

...não devem ser consideradas frágeis ou "pegajosas" por precisarem dar e receber carinho e apoio com mais freqüência.

...tendem à tensão e à culpa quando se sentem cobradas.

...têm sua capacidade de dar e de receber amor como um reflexo de como elas se sentem em relação a si mesmas. Se não estiverem sentindo-se "ótimas" consigo mesmas, poderão não se mostrar "tão" apaixonadas pelo parceiro. 



Toda mulher deveria saber que os homens... 

...têm dificuldades para diferenciar "empatia" de "simpatia". E detestam que sintam pena deles.

...precisam se afastar às vezes, e ficar em silêncio.

...geralmente sentem-se responsáveis quando suas mulheres dizem que estão infelizes.

...alteram periodicamente suas necessidades de intimidade e autonomia.

...buscam no amor: confiança, aceitação, apreço, admiração, aprovação e encorajamento.

...sentem-se pressionados demais quando são a única fonte de amor e apoio da companheira.

... sentem-se mal-amados quando elas tentam mudar seu comportamento.

...sentem-se depreciados quando elas reclamam de coisas que eles não fazem e quando elas lhes dizem o que fazer.

...têm seu ego fortalecido e amadurecem emocionalmente quando são aceitos como são.

... ficam mais dispostos a discutir quando cometem um erro ou magoam a mulher que amam.

... lutam por um sucesso cada vez maior porque crêem que isso os fará merecedores de amor.

...supõem que dão todo o apoio necessário, já que elas não pedem mais.

... fazem o contrário do que as mulheres desejam, se elas pedirem com autoridade.

... ficam bem mais dispostos a dizer "sim" se têm a liberdade de dizer não. 

...tornam-se mais participativos se suas parceiras não se ressentem quando eles dizem "não.”

...dão o melhor de si quando suas parceiras demonstram confiar neles. 


Adaptado do Livro "Homens São De Marte, Mulheres São De Vênus" de John Gray - Editora Rocco.

Tome uma atitude corajosa

Uma atitude corajosa é olhar para dentro de você mesmo e perceber a sua luz e a sua sombra, consciente de que o trabalho da autotransformação é único e intransferível e que você é responsável pela sua felicidade.

Uma atitude corajosa é procurar a lição de cada experiência vivida, consciente de que não existem vítimas ou algozes. De que somos nós os autores de nossas vidas e que temos o poder de transformar as nossas experiências passadas na ponte para o futuro que se deseja.

Uma atitude corajosa é estar disposto a abrir mão do passado para construir no presente a vida que se deseja. É ter a coragem de reconhecer que o ressentimento, a mágoa, a raiva podem ser transformados pelo perdão que cura. 

É assumir as rédeas da própria vida com humildade e amor, descobrindo que, muitas vezes, a coragem está em reconhecer as próprias limitações e pedir ajuda.

Uma atitude corajosa é quando você se dá conta de que não deseja repetir os antigos padrões, rompe com eles e aprende novos comportamentos.

Uma atitude corajosa é derrubar as barreiras construídas para se defender do amor. É abrir o coração assumindo os riscos de amar e de se entregar. É ir ao mais profundo de você mesmo e se perguntar quais os valores que norteiam a sua vida e qual é a sua missão no mundo. Aquilo que só você poderá fazer do seu modo único e especial.

Uma atitude corajosa é assumir o compromisso do autoconhecimento, consciente de que as grandes transformações ocorrem de forma microscópica. É buscar, a cada dia, tornar-se a melhor pessoa que você puder ser, aprendendo que a felicidade se encontra no processo e buscá-la.


Você toma uma atitude corajosa quando... 

...perdoa a si mesmo(a) pelos próprios erros e aprende com eles.

...declara o seu amor sem medo de ser rejeitado (a).

...muda o seu rumo profissional porque descobriu algo que o (a) realiza mais.

...assume a responsabilidade pelo que acontece em sua vida.

...busca o caminho do autoconhecimento através de uma terapia, da meditação ou da auto-análise, consciente de que você é o autor da sua vida.

...termina um relacionamento morno que vinha levando por medo de ficar sozinho(a)

...redireciona a sua vida baseando as suas escolhas naquilo que é fundamental para a sua felicidade.

...decide dar uma outra oportunidade ao relacionamento com a pessoa que você escolheu para compartilhar a sua vida.

...mostra os seus sentimentos sem se preocupar com o julgamento dos outros.

...telefona para aquela pessoa especial e a(o) convida para sair.

...decide ser feliz.

=== Jael Coaracy ===

Pássaro Encantado



...o mundo inteiro foi ficando encantado com o pássaro.
porque em algum lugar ele deveria estar voando.
de algum lugar, ele haveria de voltar.
ah! mundo maravilhoso que guarda em algum lugar secreto o pássaro encantado que se ama...
... sonhava com a alegria do reencontro.
somente o amor tem poder suficiente para arrancar as pessoas da armadilha do espelho.
mas não há receitas...
somente quem ama a pessoa enfeitçada pode salvá-la...

=== R. Alves ===

E o passarinho voou (17-05-2006)


... tão cedo ou talvez no tempo certo...

Mas minha compreensão não alcança ainda
o por que do calar prematuro de sorrisos...

Que seu vôo seja em paz rumo ao paraíso.



Passarinho Urbano

Oscar Wilde


"Sim: eu sou um sonhador. Pois o sonhador é alguém que apenas consegue achar seu rumo à luz da lua, e a sua punição é que ele vê o amanhecer antes do resto do mundo."

Oscar Wilde

Mario Quintana

Fere de leve a frase... E esquece... Nada
Convém que se repita...
Só em linguagem amorosa agrada
A mesma coisa cem mil vezes dita.

Mario Quintana

Beijos

“Beija-me com os beijos de tua boca; 
porque melhor é o teu amor do que o vinho…”

Cântico dos Cânticos 1:2



... principalmente, 
quando a partir de um único beijo, 
nos entregamos, inteiros, a outros desejos.
Os lábios, os dentes, a lingua. 
Num bailado molhado, ao ritmo dos corpos.

Jaguar
Sua palavras (...)
Tenho fome delas como de alimento.
Tenho sede delas
e minha sede é irresistível.
Suas palavras são meu alimento,
seu hálito é meu vinho.



(Sarah Bernhardt para Victorien Sardou, 
do livro: Cartas de Amor de Pessoas Famosas)

Fragmento na Madrugada 07

...“Faz amor comigo” e deixa-me correr à tua volta, deitar-me no teu colo profundo feito com as tuas lágrimas e lembranças de outros dias. “Faz amor comigo” e desperta os meus sentidos escondidos na minha alma assustada pelo brilho desta lua que é mais tua do que minha. “Faz amor comigo” e dá-me de volta a essência do que sou, perdida numa tarde de amor debaixo das luzes verdes e transparentes de uma floresta de beira de estrada, suja e perfeita de tanto pó.... 

Estela Ribeiro

Fragmento na Madrugada 06

Deixaste o amor em desalinho
no chão da minha alma
- desmanchada.
Há que pegar nele devagarinho
e soprar-lhe sorrisos,
deixá-lo descompassado
com um renascer de carinho,
para que de novo lhe nasçam
borboletas na barriga.

(do blog "os ácaros do meu armário")

Poção da Auto-Estima

Este chá, além de gostoso ajuda a levantar o astral. 
Deve ser tomado preferencialmente à noite, antes de dormir. A cada gole mentalize positividade e amor.
Agora, se você não acredita em nada disso mas gosta de chá... experimenta, é uma delícia!

Ingredients:
7 pedacinhos de maçã vermelha
7 lascas de canela em casca
7 ameixas secas
7 pétalas de rosa vermelha
1 pitada de canela em pó
Mel 

Directions:
Prepare a infusão com os ingredientes acima e adoce com mel. Para finalizar, uma pitadinha de canela em pó.

Banho Paz e Proteção

Com a vida corrida, problemas, stress quem é que não precisa de um relax? É aí que entra receita de hoje: bem simples e fácil de ser executada. Este banho pode ser tomado pela manhã ou à noite.




Ingredients:
1 litro de água mineral 
1 punhado de folhas frescas de manjericão
7 gotas de essência de baunilha
7 cravos-da-índia 
7 rosas brancas

Directions:
Ferva a água mineral e misture, na ordem, todos os ingredientes acima. Note que das rosas brancas serão usadas apenas as pétalas. Apague o fogo e deixe a panela tampada até ficar numa temperatura de seu agrado. Tome seu banho habitual e no final, já com o chuveiro desligado, despeje o preparado em seu corpo, do pescoço para baixo, sem molhar a cabeça

Combatendo a Insônia


Quer dormir e não consegue? Não perca tempo rolando na cama! Tome chá de alface!

Ingredients:
Folhas do miolo do pé de alface
1/2 l de água

Directions:
Quando aágua ferver, acrescente as folhas de alface. Apague o fogo e deixe descansar por cinco minutos com a panela tampada. Adoce com mel e tome antes de deitar-se. Bons sonhos!

Pequeno Ritual Da Fada Dos Desejos

Você deseja alguma coisa?
É difícil que não!
Então tente fazer este pequeno ritual...

Ingredients:
1 vareta de incenso de canela
1 jardim florido
tempo

Directions:
Quando tiver tempo encontre um jardim florido e escolha uma flor. Escolha apenas, não colha. 
Com o incenso aceso, deixe a cinza cair em volta da flor, desenhando um círculo.
Mentalize o seu desejo, fazendo seu pedido à fada daquela flor. Quando o incenso acabar de queimar, agradeça e retire-se.

Banho Para Afastar Energias Negativas

Se você se sente cansado sem razão aparente, desestimulado, se as coisas estão indo de mal a pior e parece que não dá para brigar contra elas ou ainda se você encontrou aquela pessoa "carga pesada"... você pode estar precisando deste banho! A negatividade rola por aí e quando menos esperamos... somos atingidos.

Ingredients:
01 noite de lua minguante
04 litros de água mineral
02 punhados de sal grosso
02 dentes de alho roxo cortado em cruz
05 galhos de arruda macho
05 galhos de arruda fêmea
e coragem para tomar banho de alho!


Directions:
Ferva a água mineral com o alho dentro. Deixe amornar e acrescente a arruda bem macerada e o sal. Misture e deixe esfriar. Quando estiver frio, coe. Tome seu banho habitual. Depois de fechar o chuveiro, derrame o preparado do pescoço para baixo ( não molhe a cabeça! ). Deixe passar duas horas e tome uma longa chuveirada sem usar nenhum tipo de sabonete e etc. Faça este banho numa noite de lua minguante.

Banhos de Ervas

O banho de ervas é muito relaxante e um bom aliado para combater a estafa e o stress, tendo ainda outras propriedades conforme a erva escolhida. Faz bem para o corpo e para o espírito.
Reserve uma hora do seu tempo para que você possa usufruir de todos os benefícios que este tipo de banho pode proporcionar.
Abaixo, algumas ervas e suas propriedades. Escolha a de seu agrado e... bom banho!


CAMOMILA - Os resultados desse banho você nota imediatamente, pois ele dá profunda sensação de repouso e faz uma limpeza completa em sua pele. Para aproveitá-lo ainda mais, umedeça dois chumaços de algodão na água do banho e coloque-os sobre os olhos; eles ficarão claros e brilhantes.

HORTELà- Perfeita para tonificar os músculos e renovar as energias. Além disso, a hortelã contribui para amaciar a pele e tem um excelente efeito desodorizante.

ORÉGANO - Você conhece mais como tempero, mas ele também é ótimo para banhos. Indicado para aliviar dores musculares e reumáticas.

ALFAZEMA - O banho de alfazema tem uma grande vantagem, pois você já sai dele suavemente perfumada. Para hidratar o corpo, pingue na água do banho 5 ou 6 gotas de óleo de amêndoa doce.

SÁLVIA - Erva de efeito antiinflamatório , que ajuda a combater cravos e espinhas. O banho de sálvia é recomendado especialmente para quem tem pele oleosa.

FLOR DE LARANJEIRA - O banho com esta erva dá uma gostosa sensação de frescor e descanso. A flor de laranjeira é também adstringente e fecha os poros excessivamente dilatados.

MELISSA - Também conhecida como erva-cidreira, proporciona um banho repousante e perfumado. Tomado antes de dormir, garante um sono tranqüilo.



Faça uma infusão com 3 colheres (sopa) da erva escolhida em 2 copos de água. Coe e acrescente a infusão à água do banho.