O primeiro beijo

Ela estava de pé, bem perto de mim. Olhei-a até a alma. 
E minhas mãos agarraram seus dois pulsos.
Cerrando os olhos, ofereceu-me sua face.
Contenta-se, acaso, o viajante sedento com frutos, quando uma fonte está próxima?
No fim, nossos lábios de uniram.
E todo seu corpo, contra o meu, nada mais era do que uma boca.

=== Autor Desconhecido ===

Nenhum comentário: